Por Bruno Leonel

A turnê Legião Urbana XXX, que reúne integrantes remanecescentes da Legião Urbana (Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá) com o cantor André Frateschi, passará por Londrina no dia 6 de agosto no Parque de Exposições Ney Braga. O show está sendo realizado pela LG produções artísticas.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O show é parte da turnê, iniciada em 2015, comemorativa de 30 anos do primeiro disco da banda (Lançado em 1985). O primeiro show dessa turnê ocorreu na cidade de Santos, no litoral paulista, em 23 de outubro do ano passado. “O último show da Legião foi em Santos”, escreveu Villa-Lobos em sua página oficial no Facebook, na época do lançamento da turnê. “Adivinha por onde vamos começar?” A postagem do guitarrista leva para outra página na rede social, nomeada com o título da nova turnê, e cuja foto traz as datas para as primeiras apresentações.

Os shows de reunião acompanhariam um relançamento de luxo – comemorativo de 30 anos – do primeiro álbum da banda, Legião Urbana. “Depois de termos nossos direitos reconhecidos pela justiça, recebemos da EMI – hoje parte da Universal Music – a proposta de lançar uma edição especial do nosso primeiro disco, também chamado de Legião Urbana, e originalmente lançado em 1985”, diz o texto assinado pelos dois músicos.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Intitulado Legião Urbana – 30 Anos –, o projeto trouxe as faixas originais remasterizadas, além de outro disco com raridades e sobras de estúdio. “Entre elas estão, por exemplo, as três músicas que a EMI nos convidou para gravar no Rio de Janeiro em 1983, quando éramos um trio de rapazes vindo de Brasília – ainda com o Renato tocando baixo e cantando!”, acrescenta o comunicado. “Como já dissemos inúmeras vezes, a Legião – como banda – acabou junto com a morte do Renato, em 1996”, dizem Dado e Bonfá no comunicado, deixando claro que não há “volta” do Legião Urbana como grupo, mas sim um novo encontro nos palcos. “E ninguém pode substituir o Renato. Único e insubstituível”.

Sobre o Projeto
Os integrantes remanescentes do grupo brasiliense voltam a promover um projeto relacionado à banda porque conseguiram – após longa briga judicial com o herdeiro Renato Russo, Giuliano Manfredini – os direitos de usar o nome Legião Urbana, além das músicas do grupo, em atividades profissionais. A sentença (expedida em outubro de 2014), determinou que Manfredini se abstenha de impedir que a dupla utilize a “marca” no exercício de atividades profissionais. A pena para um descumprimento é de R$ 50 mil. “Não nos parece aceitável impedir o uso e exploração de uma marca por quem a consolidou no mercado”, escreveu o juiz.


SERVIÇO

Local: Parque de Exposições Ney Braga
Data 06 de Agosto de 2016
Abertura dos portões prevista para 21:00 Horas
Início do show previsto para a 01:00 Horas
Abertura do show com Primos da Cida