Por Bruno Leonel

Artistas, estudantes e moradores de vários bairros da cidade (E também de fora) compareceram em peso no último sábado (11) durante o evento Hip Hop Sobre Rodas realizado durante a manhã e tarde na Escola Municipal Zumbi Dos Palmares, antigo CAIC (Ouro Branco – Região Sul). O evento iniciou às 9h e reuniu pessoas ligadas ao movimento hip hop, grafiteiros que realizaram trabalhos durante o evento, assim como alunos da Escola Municipal.

Os grafiteiros Hugo Rocha e a equipe Cap Style ilustraram telas durante o evento - Foto: Bruno Leonel/RubroSom.
Os grafiteiros Hugo Rocha e a equipe Cap Style ilustraram telas durante o evento – Foto: Bruno Leonel/RubroSom.

Quem compareceu ao espaço pode presenciar também dezenas de atletas que participaram de um campeonato de Skate (Categorias Mirim e Iniciante) realizado no pátio da Escola. Vários praticantes do esporte (Mesmo amadores) andaram e desafiaram a gravidade em manobras feitas em caixotes e rampas improvisadas no local. Skatistas de outras cidades também participaram. “Ando há uns dois anos de skate já… Vim de Cambé para participar. É muito legal poder comparecer aqui hoje e andar junto com outros skatistas mais velhos, é sempre uma vivência, acordei umas 7h horas da manhã para vir junto com amigos… Gosto muito do esporte, e se tivesse a oportunidade gostaria de viver disso”. Contou à reportagem do RubroSom o jovem Adriano Pereira de Almeida da Silva, de apenas 13 anos, que é morador do bairro Ana Rosa, na cidade de Cambé. Adriano compete profissionalmente já há algum tempo e chegou a participar de um campeonato paranaense, neste ano.

Marcelo 'Banana Flow' foi um dos idealizadores do projeto (Juntamente com Valdir Sujjim) que é realizado desde 2013 - Foto: Bruno Leonel/RubroSom.
Marcelo ‘Banana Flow’ foi um dos idealizadores do projeto (Juntamente com Valdir Sujjim) que é realizado desde 2013 – Foto: Bruno Leonel/RubroSom.

O evento agrega diferentes impressões e aprendizados em diversas pessoas ligadas indiretamente (ou diretamente) ao espaço da escola onde foi realizado. “A gente acha o evento muito interessante. A comunidade se identifica muito com isso né? A Escola tem que estar de portas abertas para acolher esses projetos. Vemos que a comunidade abraça e, podemos até usar isso para trabalhar dentro da sala de aula. Nesses eventos você vê mais qual é a realidade, o que cativa mais os alunos… “. Conta Rodolfo Moraes, de 31 anos, que é professor e Educação Física na Escola já há três anos na escola, e que esteve presente no evento. Moradora do União da Vitória já há 26 anos, Dinah Vilas Boas (54 anos) também nota a importância do evento para a região. “Eu trabalhei por oito anos aqui no colégio e sempre compareço nos eventos daqui. É muito legal, sempre é um ânimo para as crianças essa mistura de música, esporte, eles ficam super felizes. Muitas vezes aqui falta um espaço para o lazer”, cita a moradora que atualmente é trabalhadora do Estado.

Jovens skatistas participaram de um campeonato nas categorias mirim e iniciante - Foto: Bruno Leonel/RubroSom.
Jovens skatistas participaram de um campeonato nas categorias mirim e iniciante – Foto: Bruno Leonel/RubroSom.

Além do esporte, o evento teve também atrações para crianças como cama elástica e até distribuição de pipoca. A programação musical ficou por conta de Samuel Alexandre Suguiura (DJ Samu), juntamente com o DJ Damião Milianos. Além de apresentações do dançarino B.Boy Carlos Athila, e apresentações de vários grupos de rap da cidade de Londrina, com destaque para GPS / Nego Sujjo, Alpha Gueto / Banana Flow e Leandro Palmerah (Do projeto MH2:  Música e Hip Hop) que vai apresentar seu trabalho solo “Grito Fosco volume Estranho”.  Assim como em outros anos, a apresentação do evento ficou por conta de Marcelo ‘Banana Flow’ e Valdir Sujjim, idealizadores do Hip Hop sobre Rodas. “O projeto acontece já desde 2013. Começamos no Parigot de Souza (Região Norte) como uma ação social entre amigos, com o pessoal do Hip Hop e, desde o ano passado, apoiamos o projeto pelo PROMIC (Programa Municipal de Incentivo à Cultura) e agora retornamos… Em 2015 tivemos um formato semelhante e é sempre esse grande evento” contou ao RubroSom o rapper Marcelo da Silva, o ‘Banana Flow’, uma das mentes por trás do projeto. Segundo Marcelo, o projeto terá ainda mais uma edição até o final do ano, na região norte.

O evento ocorreu entre 9h e 15h na região sul - Foto: Bruno Leonel/RubroSom.
O evento ocorreu entre 9h e 15h na região sul – Foto: Bruno Leonel/RubroSom.

Segundo os realizadores, a falta de eventos do tipo motivou a origem do projeto. “A gente sentiu que fazia falta esse tipo de ação, mais ligado ao que a gente faz que é o esporte e a música, até hoje é um sucesso. Começamos a profissionalizar também esse momento, escrevendo, participando de editais… Assim obtivemos recursos para melhorar a própria estrutura. A ideia é valorizar o jovem e o adolescente, para que ele possa ter acesso ao esporte, à música, para que ele não desista de sua arte, de suas ideias do seu skate… Nosso projeto é isso, é aberto para a participação de todos” explicou à reportagem o músico Valdir Almeida da Silva, (O Valdir Sujjim) um dos idealizadores do projeto.

O Hip Hop sobre rodas conta com o patrocínio do PROMIC – Programa Municipal de Incentivo à Cultura e o apoio das seguintes lojas e marcas: MT3 skate shop, HolliDay streer wear, Naturallys, Worship skate shop, #Hashskatetag, Trip Surf, Ouze the skate house, Shapide, Postal co. e a Original Gangsta.