Por Bruno Leonel

Dando continuidade à programação do 36º Festival Internacional de Música de Londrina (FIML) diversos espetáculos (Incluindo atrações internacionais) ocorrem na cidade nesta terça-feira (19). Nesta última semana do 36º Festival Internacional de Música de Londrina tem início a série de recitais de alunos. As apresentações serão realizadas até o dia 21 de julho no Teatro Zaqueu de Melo às 18h15 e no Centro Cultural SESI/ AML às 18h30. A entrada é gratuita para todas as apresentações.

Nesta terça (19) é a vez dos alunos das práticas de fagote, oboé, clarienta, flauta transversal e trompa, comandadas pelo Quinteto Villa-Lobos. “Vamos apresentar um repertório de música de câmara para grandes formações. O Quinteto Villa-Lobos será a base da formação, então para os alunos será um ambiente seguro e tranquilo para tocar junto com os professores. O resultado está sendo muito bom especialmente para os alunos”, explica Aloysio Fagerlande, professor de fagote. A entrada é gratuita, o evento acontece no Centro Cultural Sesi/AML (Praça Primeiro de Maio, 130 ).

Programação desta terça no FIML terá recital e circo
“Vamos apresentar um repertório de música de câmara para grandes formações”, explica Aloysio Fagerlande, professor de fagote. – Foto: Elvira Alegre/ Rubem Vital).

Das apresentações com alunos do FIML, destaque para “O Grande Circo Místico” com direção cênica de Sílvio Ribeiro e direção geral de Celso Branco, que narra a história do amor entre um aristocrata e uma acrobata e a saga da família proprietária do Grande Circo Knieps. Para a montagem londrinense, a obra teve as partituras especialmente arranjadas e privilegia o formato do canto coral acompanhado de piano ou mais instrumentos, com trechos voltados para solistas. O evento inicia às 18h30 no Circo Funcart (R. Sen. Souza Naves, 2380). As entradas custam R$30,00 (R$15,00 meia).

Programação desta terça no FIML terá recital e circo
No festival, o espetáculo foi adaptado e tem direção geral e musical do professor Celso Branco, com arranjos que privilegiam o formato do canto coral, acompanhado de piano e outros instrumentos, com trechos voltados para solistas – Foto: Elvira Alegre/ Rubem Vital.

Por fim, durante o período da noite, a Camerata do 36º FIML – composta por vinte músicos – apresentará em noite de gala, As Quatro Estações (de Antonio Vivaldi) e as Estações Portenhas (de Astor Piazzolla), com solo e regência do grande violinista alemão Gustav Frielinghaus.

Serão apresentadas As Quatro Estações (de Antonio Vivaldi) e as Estações Portenhas (de Astor Piazzolla) - Foto: Elvira Alegre/ Rubem Vital.
Serão apresentadas As Quatro Estações (de Antonio Vivaldi) e as Estações Portenhas (de Astor Piazzolla) – Foto: Elvira Alegre/ Rubem Vital.

O espetáculo inicia às 20h30 no Teatro Marista. Frielinghaus toca violino desde os cinco anos de idade. Estudou na Alemanha e Suíça com renomados professores e na Espanha na famosa Academia ReIna Sofia em Madrid.  Foi spalla (1º violino) na Orquestra Mundial da Jeunesses Musicales, na Orquestra de Câmara de Bremen e Colônia.