Por Bruno Leonel

O projeto “Ópera, por que não?” realiza nesta semana duas apresentações musicais gratuitas voltadas para crianças com idade até 12 anos. As atividades fazem parte da programação artística da Mostra de Canto Lírico, que iniciou nesta semana e segue até o dia 22 de maio.  A primeira apresentação da Mostra Infantil será nesta terça-feira (17), às 15h30, no Centro Cultural Lupércio Luppi –  Avenida Saul Elkind, 790. O projeto possui patrocínio da Prefeitura de Londrina, por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PROMIC).

No sábado (21), o projeto segue para a Biblioteca Infantil de Londrina, com um recital às 16 horas (Praça Primeiro de Maio, 110). Segundo o produtor da Mostra de Canto Lírico, Álvaro Canholi, algumas das obras da Mostra Infantil pertencem a óperas infantis, com um espetáculo mais didático. “A cada música, o maestro ou um dos cantores fará uma pausa para contextualizar e contar a história desse trecho, para que essas crianças conheçam e aprendam sobre ópera”, explicou.

O Projeto

Após a abertura a mostra segue até o dia 22 em vários espaços alternativos espalhados pela cidade. Além de apresentações gratuitas de ópera, o evento é composto por atividades educativas, como palestras, com o objetivo de oferecer à comunidade o contato direto com manifestações artísticas deste gênero. Os concertos terão os cantores líricos acompanhados de uma pianista (Veja a seguir).

programação6

Segundo a coordenadora-geral do projeto, Hylea Ferraz, a mostra é realizada em bairros afastados da região central para contribuir no processo de divulgar cultura pela cidade. “Levamos as apresentações a locais em que a comunidade não tem muitas oportunidades de contato com a música lírica. E fizemos essa programação própria para crianças para que eles também se interessem e se desenvolvam como um público em formação”, ressaltou.

(Com informações da Prefeitura Municipal de Londrina)


Programa da Mostra Infantil:

Rossini, Il Barbiere di Siviglia, Ária “Largo al factotum”
Thiago Montero

Rossini, Il Barbiere di Siviglia, Ária “Una voce poco fa”
Camila Santiago

Humperdinck, João e Maria, “Cena do bosque”
Camila Santiago e Michele Coelho

Puccini, Gianni Schicchi, “O mio babbino caro”
Mariana Basoli

Carlos Gomes, Il Guarany, “Sento una forza indomita”
João Miguel Aiub e Michele Coelho

Delibes, Lakmè, “Dueto das flores”
Camila Santiago e Michele Coelho

Puccini, La Bohème, “O soave fanciulla”
Ivan Moraes e Patrícia Mello

Puccini, La Rondine, Quarteto “Bevo al tuo fresco sorriso”
Ivan Moraes, João Miguel Aiub, Michele Coelho e Patrícia Mello

Rossini, “Dueto dos gatos” – Todos