Por Bruno Leonel

Em Londrina, a Mostra de Música de Câmara chega a 7ª edição, iniciando neste fim de semana, e brindando o público com vários concertos da Orquestra de Câmara Solistas, considerado um dos grupos camerísticos mais conceituados do país. A abertura será neste domingo (1 de maio) a partir das 20h na Paróquia Sagrados Corações (Rua Mato Grosso, 1167), logo após a missa.

No programa serão apresentadas obras de Vivaldi (Concerto Nº1 em Mi maior, op. 8, RV 269; “La primavera” – Concerto Nº3 em Fá Maior, op. 8, RV 293; “L’autunno”), Muffat (Suite para Orquestra de Cordas), Bach (Ária na 4ª Corda para Orquestra) Tchaikovsky (Serenata para Cordas), Villa-Lobos (Prelúdio das Bachianas Brasileiras, Nº4), Krieger (Concertino Barroco para Orquestra de Cordas) e Guerra-Peixe (Mourão para Cordas).

Com o tema “Do Erudito ao Popular”, a Mostra apresenta uma série de oito concertos durante todo o ano, com o objetivo de agregar conhecimento e valorização da cultura musical brasileira e universal. “O projeto surgiu com a pretensão de tornar-se uma MOSTRA de música de câmara permanente na nossa cidade juntando todas as ações que a Orquestra desenvolve desde a sua criação: Projetos como Música no Teatro, os Música nas Igrejas e os inúmeros Concertos Didáticos, apresentados não somente na cidade de Londrina, mas também em vários municípios paranaenses. Com a realização das edições anteriores, entendemos que formato de uma “mostra” conseguiria representar significativamente a realidade multicultural em que vivemos”, explica o maestro e spalla Evgueni Ratchev.

A programação conta com oito apresentações e três masterclasses realizados no Teatro Crystal, Paróquia Sagrados Corações, Auditório da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, Igreja São Judas, Igreja Peniel (Cinco Conjuntos), Auditório do Colégio Estadual Marcelino Champagnat e Instituto Estadual de Londrina. Os concertos nas escolas serão abertos ao público em geral.

Mostra nas escolas – O trabalho pretende aproximar estudantes com o universo musical. A presença de uma orquestra na escola pode despertar mudanças no comportamento dos estudantes, sensibilizar e formar novos públicos para arte musical, favorecendo a educação ainda capacitando educadores para atuarem como multiplicadores da utilização da música como ferramenta pedagógica nas escolas.

Os concertos serão abertos não somente para os alunos, mas também para o público em geral. A realização destes eventos contribui de forma significativa para o conjunto de ações desenvolvidas com vistas à formação de plateia.

“Vale ainda ressaltar que a opção de desenvolvimento de um projeto musical camerístico, visa o incentivo de novas práticas e novos hábitos de apreciação musical, pois as apresentações acontecem em caráter intimista, essencialmente acústico que valorizam a pureza do som e a qualidade das obras e de seus intérpretes”, ressalta Ratchev.

Solistas convidados – O programa da Mostra vai trazer ciclos de grandes clássicos, como os Concertos Grossos de Corelli, peças da época do romantismo, concertos temáticos, e ainda destaque para a música contemporânea brasileira.

Renomados artistas convidados também estarão presentes na Mostra de Música de Câmara. Este ano entre os convidados está o violoncelista Antonio Lauro del Claro e a cantora lírica Adriane Queiroz, radicada na Alemanha que faz a sua estreia em Londrina em agosto.

Em novembro o gaiteiro e acordeonista regionalista Renato Borghetti também marca sua passagem pela mostra. “Esta experiência já é uma característica da orquestra de câmara que, em 2015 se apresentou ao lado do Toninho Ferragutti , José Staneck e alguns anos atrás , produziu o show inesquecível com Yamandu Costa. A música brasileira, rica e diversificada quanto a estilos, gêneros, ritmos e formas, precisa ser ouvida e conhecida em seu contexto, bem como os seus compositores. Por isso nesta temporada a orquestra abre significativo lugar em sua programação”, informa Evgueni Ratchev.

Outra novidade para a temporada de 2016 é apresentação de dois espetáculos, denominados BRASIL, ATRAVÉS DA MÚSICA. Serão apresentados programas com obras de compositores brasileiros desde o século XIX até os dias atuais, incluindo compositores paranaenses. Ainda a orquestra pretende que estas obras, sejam registradas em um novo CD.

A Mostra de Música de Câmara é organizada pela Artis Colégium e tem o patrocínio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PROMIC), John Deere/ Horizon e Unimed. Conta com o apoio da Rádio UEL FM, CBN, Hotel Crystal, Londrina Convention, e Livraria da Silvia (Com informações da Prefeitura de Londrina).


Serviço:

Mostra de Música de Câmara 2016
Concerto Música nas Igrejas
Dia: domingo (01 de maio)
Horário: 20horas (após a missa)
Local: Paróquia Sagrados Corações (Rua Mato Grosso, 1167)
Entrada Franca