Por Bruno Leonel

Dando sequência à programação do Festival Internacional de Londrina 2016, o começo de semana segue com a agenda cheia de apresentações distribuídas pela cidade. Nesta segunda(05), um dos destaques fica por conta da peça: ‘TROPEÇO’ do grupo Tato Criação Cênica de Curitiba. Partindo da costumeira visão que se tem da velhice, o espetáculo mostra a solidão e as pequenas ações rotineiras das duas. Mas também um universo de sutileza e extravagância, poesia e comicidade – O espetáculo acontece hoje e amanhã no Teatro Zaqueu de Melo (Av. Rio de Janeiro, 413 – Às 19h).

FILO - Programação desta segunda-feira (05)
TROPEÇO realizado pela Tato Criação Cênica (De Curitiba – PR) – Foto: T.Melcop

Ao todo serão cinco atrações neste dia primeiro, incluindo uma atividade formativa. De Santa Catarina há o espetáculo “#MERGULHO – Experiência teatral para crianças” realizado pelo grupo Eranos Círculo de Arte de Itajaí (SC); Voltado especialmente para crianças de 1 a 6 anos, o espetáculo conta a história de duas pessoas que vivem em universos diferentes (uma na terra e outra, no mar) e que buscam se encontrar com a ajuda da plateia. A proposta é transformar os pequenos espectadores em figuras ativas do espetáculo, num espaço de mediação entre limites e liberdade. Última apresentação segunda-feira (5), às 19h, na Biblioteca Pública Municipal (Av. Rio de Janeiro, 413). Ingressos esgotados.

A Cia Por Acaso (Rio de Janeiro) marca presença com o espetáculo ‘O Que Você Gostaria Que Ficasse’. Um híbrido de happening e encenação, criado a partir de discussões sobre o livro “O Mundo Sem Nós”, de Alan Weisman, sobre o processo de desaparecimento gradual de nossa existência no Planeta. O espetáculo celebra o encontro com o público, que a cada apresentação compartilha em cena suas histórias e lembranças. Última apresentação segunda-feira (5), às 20h, na Divisão de Artes Cênicas da Casa de Cultura (Av. Celso Garcia Cid, 205). Ingressos esgotados.

FILO - Programação desta segunda-feira (05)
‘O Que Você Gostaria Que Ficasse’. Um híbrido de happening e encenação, criado a partir de discussões sobre o livro “O Mundo Sem Nós”, de Alan Weisman – Foto: Divulgação.

Atrações londrinenses também marcam presença nesta segunda-feira (05) no Filo. O Núcleo de Dramaturgia Sesi é representado com a peça ‘Ontem à Noite Caia o Sol” de Mariana Corale e Ricardo Bagge. Na trama, a personagem Ana mora com Iuri em um pequeno apartamento de uma cidade grande brasileira, no início dos anos 2000. Ela vive atrás de arquivos, investigando o passado de sua mãe, militante política na ditadura brasileira. Iuri assiste à trajetória de Ana, mas não imagina que esses vestígios entrecruzam seu passado. A partir de uma viagem pela Transiberiana, os personagens percorrem seus caminhos, seus sonhos e a história. Única apresentação segunda-feira (5), às 20h, no Centro Cultural Sesi (Praça 1º de Maio, 130). Ingressos à venda na bilheteria do Royal Plaza Shopping e pela internet: www.filo.art.br ou site Disk Ingressos, por R$ 30,00 e R$ 15,00 (meia-entrada).

ATIVIDADES FORMATIVAS
O CORPO DO ATOR E SUA ARTE RITUALÍSTICA – Oficina com Alexandre Guimarães (RECIFE-PE)
Preparação de atores junto à descoberta de um teatro ligado ao ritual da busca pela interpretação, estimulada pelo uso do corpo como agente e a linguagem não verbal do intérprete. Trabalho baseado em Eugenio Barba e Jerzy Grotowski, aliado às matrizes do corpo nas manifestações da cultura popular nordestina. Segunda (5) e terça-feira (6), às 18h, no Laboratório 1 (L1) – Artes Cênicas CECA – Campus UEL. Somente para inscritos.


SERVIÇO

Festival Internacional de Londrina – FILO 2016
De 26 de agosto a 11 de setembro
Realização: Associação dos Amigos da Educação e Cultura Norte do Paraná e Universidade Estadual de Londrina
Direção: Luiz Bertipaglia
Patrocínio: Petrobras, Governo Federal, Prefeitura de Londrina / Secretaria Municipal da Cultura / Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), Universidade Estadual de Londrina, Unimed Londrina, Horizon – John Deere.
Informações: www.filo.art.br