Por Bruno Leonel

Termina nesta quinta-feira (21) a 36º Festival Internacional de Música de Londrina (FIML), após duas semanas de apresentações e eventos, o último dia terá apresentação de banda sinfônica e também hip hop. Ao todo, foram cerca de 74 apresentações em diversos espaços da cidade, como igrejas, teatros, bares, shoppings, ruas, entre outros. E o 36º FIML contou também com uma farta programação pedagógica composta por cursos, oficinas e palestras. O FIML conta com o patrocínio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic).

Violonista de destaque na cena musical de Minas Gerais, Tabajara Belo faz um recital de violão nesta quinta-feira, às 18h15 no Teatro Zaqueu de Melo - Foto: Divulgação.
Violonista de destaque na cena musical de Minas Gerais, Tabajara Belo faz um recital de violão nesta quinta-feira, às 18h15 no Teatro Zaqueu de Melo – Foto: Elvira Alegre/ Rubem Vital.

Hoje (21), é também a última oportunidade para conferir a série de recitais de alunos. As apresentações serão realizadas no Teatro Zaqueu de Melo, às 17 horas e 18h30. No Centro Cultural SESI/AML, às 18h30, a apresentação é de alunos da classe de violão do professor Tabajara Belo. A entrada é gratuita para todas as apresentações. No Teatro Funcart, às 18h30, estreia o espetáculo cênico-musical “Araca: arquiduquesa do Encantado”, que, com o formato de um programa de rádio da década de 30, reafirma o nome de Aracy de Almeida como umas das maiores cantoras brasileiras de todos os tempos.

Encerramento do 36º FIML terá orquestra, recital e Hip Hop
A cantora Sílvia Borba, será acompanhada de um regional de choro. Da esquerda para a direita: André Mattos (clarineta), Lucas Dias (pandeiro), o ator Leonardo Capeletti, Osório Perez (violão sete cordas) e Guilherme Araujo (bandolim).

A apresentação leva ao público londrinense esta que é considerada por grandes músicos, estudiosos e intelectuais da cultura brasileira, como uma das personalidades responsáveis pela cultura do samba como o mundo conhece e respeita. A direção musical é de Paulo Vitor Poloni, com o diretor cênico Sílvio Ribeiro. Os ingressos custam R$5,00. O espetáculo conta com patrocínio do Promic, e será encenado novamente, em outras datas.

Encerramento – O grande concerto de encerramento do 36º FIML será às 20h30, na Catedral Metropolitana de Londrina. Participa a Orquestra Sinfônica Jovem, formada por jovens músicos dos projetos socioeducativos culturais: Projeto Guri (SP), Ação Social pela Música do Brasil (RJ), Orquestra Villa Lobos – Instituto Cultural São Francisco de Assis (RS), Orquestra Jovem Paquetá (RJ), e Orquestra de Cordas da Grota do Surucucu (RJ).

A Orquestra Sinfônica do 36º FIML é formada por jovens instrumentistas, bolsistas do festival, vindos de cinco projetos socioculturais: Projeto Guri (SP), Ação Social pela Música do Brasil (RJ), Orquestra Villa Lobos – Instituto Cultural São Francisco de Assis (RS), Orquestra Jovem Paquetá (RJ) e a Orquestra de Cordas da Grota do Surucucu (RJ) - Foto: Elvira Alegre, Rubem Vital.
A Orquestra Sinfônica do 36º FIML é formada por jovens instrumentistas, bolsistas do festival, vindos de cinco projetos socioculturais: Projeto Guri (SP), Ação Social pela Música do Brasil (RJ), Orquestra Villa Lobos – Instituto Cultural São Francisco de Assis (RS), Orquestra Jovem Paquetá (RJ) e a Orquestra de Cordas da Grota do Surucucu (RJ) – Foto: Elvira Alegre, Rubem Vital.

O coro 36º FIML, regido por Mariana Farah, também participa do concerto, assim como a solista Rosana Lamosa, com regência de Josep Caballe Domenech. No programa, Te Deum, de Antonín Dvorak; Danças Sinfônicas de West Side Story, de Leonard Bernstein; e Floresta do Amazonas, obra de Heitor Villa-Lobos. Os ingressos custam R$30,00 e R$15,00 (meia entrada).

Em seguida, a festa de encerramento prossegue no Bar Valentino, comandada pelo com DJ Nezzo, a partir das 22 horas. Utilizando sempre como instrumento principal o toca-discos, Nezzo é um dos arquitetos da cultura Hip-Hop do Brasil, sendo pioneiro na construção dessa arte no Rio Grande do Sul há mais de 30 anos. A entrada para o show é gratuita.

A 36º edição do Festival Internacional de Música de Londrina tem a direção artística do pianista Marco Antonio de Almeida, direção pedagógica de Magali Kleber e direção executiva de Lilian de Almeida. É uma realização da Secretaria de Estado da Cultura – Governo do Estado do Paraná; Secretaria Municipal da Cultura – Prefeitura do Município de Londrina – Promic; Casa de Cultura – Universidade Estadual de Londrina e Associação de Amigos do FIML. Mais informações estão disponíveis no site oficial do evento www.fml.com.br.