Por Bruno Leonel

É neste domingo (22) o concerto de encerramento da Mostra de Canto Lírico, realizada pelo projeto “Ópera, por que não?”. O concerto será às 10h30 no Cine Com-Tour, acompanhando a Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual de Londrina (Osuel). A apresentação será regida pelo maestro italiano Alessandro Sangiorgi, que também é diretor artístico do projeto. O Cine Com-Tour fica na avenida Tiradentes, 1.241, e a entrada para o concerto é gratuita.

A programação da Mostra também inclui recital neste sábado (21), às 10h30, no Colégio Mãe de Deus. O acesso é pela entrada da rua Goiás. À tarde, os artistas realizam a Mostra Infantil na sede da Secretaria Municipal de Cultura. A apresentação será às 16 horas, na Praça Primeiro de Maio, 110.

A coordenadora-geral e assistente de direção da Mostra, Hylea Ferraz, explicou que o concerto de encerramento é fruto de convite feito pela Osuel para que o projeto “Ópera, por que não?” participasse da Temporada Ouro Verde da orquestra. As demais apresentações foram realizadas em diversas regiões da cidade, especialmente em locais afastados do centro. “Nosso objetivo principal é levarmos a música lírica a quem não conhece, despertando nessas pessoas o gosto e interesse pela ópera. Podemos dizer que fomos além das expectativas, pois percorremos diversos bairros da cidade. O público lotou os espaços e permaneceu até o fim das apresentações, sendo que para muitos aquele foi o primeiro contato com música lírica”, comemorou Hylea.

programação6
Vários recitais (E até mostras infantis) marcaram a programação – Foto: Divulgação

A coordenadora afirmou que com o sucesso da Mostra de Canto Lírico, já está sendo programada uma segunda edição para 2017. “Nossa intenção é que já no segundo semestre deste ano, a gente consiga realizar pelo menos mais dois recitais. Outra ideia é continuarmos trazendo cantores para acompanharem a temporada da Osuel, especialmente solistas do Paraná”, adiantou.


 

Programa do concerto de encerramento da Mostra de Canto Lírico:
Bizet, Carmen, Ouverture

Rossini, Il Barbiere diSiviglia, Ária “Largo alfactotum”
Thiago Montero

Rossini, Il Barbiere diSiviglia, Ária “Una vocepocofa”
Camila Santiago

Verdi, La Traviata, Ária “Lunge da lei”
João Miguel Aiub

Puccini, Madama Butterfly, Ária “Un bel dìvedremo”
Patrícia Mello

Wagner, Meistersingersvon Nuremberg, Ária “Morgenlichleuchtend”
Ivan Moraes

Puccini, La Bohème, Ária “Quando menvò”
Michele Coelho

Puccini, La Bohème, Quarteto “Dunqueèproprio finita”
Ivan Moraes, Michele Coelho, Patrícia Mello e Thiago Montero

Dvorak, Rusalka, “Canção da Lua”
Patrícia Mello

Verdi, Rigoletto, Quarteto “Undì, se benrammentomi”
Camila Santiago, João Miguel Aiub, Michele Coelho e Thiago Montero

Bizet, Carmen, Ária “VotreToast”
Thiago Montero

Puccini, La Rondine, Quarteto “Bevoaltuo fresco sorriso”
Ivan Moraes, João Miguel Aiub, Patrícia Mello e Michele Coelho