Por Bruno Leonel

“Foi uma notícia incrível mesmo, a gente não esperava chegar até lá. Agradecemos muito toda a equipe e também os amigos que acreditaram no projeto. Isso tudo tem sido bastante emocionante”, comenta Luciano Albuquerque, produtor do curta-metragem Londrinense “O Canto do Claustro”. O filme foi um dos selecionados para a “Short Film Corner”, evento de cinema (Como uma rodada de negócios) que ocorre paralelamente ao Festival de Cannes, na França. O evento é previsto para ocorrer nos dias 11 e 22 de maio deste ano. Todos os anos, o festival abre essa categoria como forma de divulgar o trabalho de novos diretores de todo o mundo. Na prática é um evento que permite a novos diretores fazer contatos com outros profissionais do ramo e, eventualmente, mostrar seus trabalhos para outras pessoas interessadas. Geralmente é muito usado para diretores e profissionais fazerem contatos e ‘sondar’ novas oportunidades de trabalho.

Teaser

O filme, do gênero suspense, conta com direção e roteiro de Gustavo Nakao, além da fotografia de Lucas Meyer. Junto com o produtor, os três são membros da MUVK, produtora da cidade fundada há pouco mais de um ano. Este é o segundo curta concluído pelo time. Em 2015 o primeiro curta do mesmo grupo ‘Junie’ foi o premiado da categoria ‘Melhor Filme Londrinense’ pelo Júri Oficial no Festival Kinoarte.

Segundo Luciano, o ‘Canto do Claustro’ levou aproximadamente um ano para ser concluído. Incluindo o processo de pré-produção, filmagem, edição e finalização. Contando os atores, diretores e também equipe técnica, o filme envolveu o trabalho de 15 profissionais. “O Canto do Claustro foi gravado em dois dias (Bastante frios). Houve um dia inteiro de filmagem em Londrina, no mês de maio, e depois, por volta de Agosto, fizemos uma segunda diária em uma fazenda próxima à Rolândia… O trabalho todo de gravação foi concluído perto do final do ano”, comenta o produtor Luciano Albuquerque. O filme foi custeado todo com recursos dos profissionais envolvidos, além da eventual contribuição de amigos.

Além do evento pertencente à Cannes, o curta foi inscrito em uma serie de outros eventos. Devido ao cronograma, até o momento, o festival francês foi o primeiro que divulgou a aceitação do filme londrinense em sua programação. O registro conta também com trilha sonora de Melissa Dias e também músicas do grupo Hostel (Que já havia colaborado com a produtora em Junie, no ano passado).

Cartaz de divulgação do filme.
Cartaz de divulgação do filme.

Uma curiosidade, apesar de o filme ter sido concluído em 2015, até o momento, ele ainda permanece inédito em Londrina. Sua estreia por aqui é prevista para o mês de julho no Sesc Cadeião Cultural (Com datas a serem divulgadas em breve). Para Luciano, o momento é muito positivo. “Ainda não caiu a ficha, não esperávamos chegar a tanto com uma produtora ainda tão recente. Foi um roteiro que trabalhamos em conjunto, ao longo de bastante tempo e é muito bom poder chegar até aqui” celebra o produtor. Além da estreia do curta na cidade, a produtora Muvk já se prepara para a produção de sua terceira ‘empreitada’ que deve demorar algum tempo ainda, com previsão apenas para ser lançada no ano que vem.


Ficha Técnica


O canto do Claustro

Direção e Roteio: Gustavo Minho Nakao
Produção: Luciano Albuquerque
Direção de fotografia: Lucas Meyer
Elenco: Nagomi Kishino, Vinicius Munhoz, Emily Hamada
Direção de arte: Laís Sinnema
Figurino e maquiagem: Juliana Zampronio Selmer
Som Direto e Pós: Bruno Bergamo
Trilha sonora: Melissa Dias
Música: Hostel
Assistente de direção: Thayane Castanho da Silva
Still: Leonardo Juliano
Arte dos Créditos: Gustavo Melo
Realização: Muvk