Por Bruno Leonel

Duas companhias de ‘Folia de Reis’ foram selecionadas para participar da 35ª Edição do Festival de Folia de Reis, realizada pelo Sesc Paraná/Unidade Paranavaí. O evento conta com oito companhias classificadas. As duas da cidade são Mensageiros da Paz e Santa Luzia. Os selecionados vão se apresentar neste domingo(19), no Centro Esportivo Sesc Paranavaí.

Cias de Londrina são selecionadas para Festival em Paranavaí
Materiais impressos, imagens e também fotografias do acervo do grupo ‘Mensageiros da Paz’ foram expostas em dezembro na biblioteca municipal de Londrina – Foto: Bruno Leonel/Rubrosom

A seleção foi feita através de edital e as selecionadas receberão ajuda de custo para a viagem. Além desta apresentação serão convidadas para atividades formativas realizadas junto a escolas públicas da região, no período entre agosto e dezembro deste ano. A divulgação do edital contou com o apoio da Diretoria de Patrimônio Histórico e Artístico-Cultural da Secretaria Municipal de Cultura, que fez reunião com os grupos para a informação das regras para a participação. Sobre o trabalho do grupo, um dos integrantes conta sobre a experiência”Desde 1989 fazemos o trabalho com o grupo ‘mensageiros’ aqui na região. É muito gratificante a receptividade das pessoas. Quando ‘encontramos’ o pessoal em casa, na época da Folia de Reis, a sente que o carinho é muito grande. Desde criança pequena fazemos isso, meu pai era Folião, e continuamos seguindo com a tradição…”, contou à reportagem Francisco Garbosi, que atualmente tem 77 anos., e é o embaixador do grupo Mensageiros da Paz de Londrina.

O grupo 'Mensageiros da paz' de Londrina que já tem mais de 25 anos de atividades na região - Foto: Divulgação
O grupo ‘Mensageiros da paz’ de Londrina que já tem mais de 25 anos de atividades na região – Foto: Divulgação

De acordo com a diretora de Patrimônio Histórico e Artístico-Cultural da Secretaria, Vanda de Moraes, a iniciativa promovida pelo Sesc colabora para manter viva a tradição da Folia de Reis. “É um trabalho que reúne grupos de diversos municípios e promove a valorização da cultura regional do Estado, além de valorizar esta manifestação cultural, festiva e religiosa do País”, destacou.