Por Bruno Leonel

Prestes à concluir sua segunda década de trajetória, o quarteto londrinense Búfalos D’água se apresenta nesta quinta-feira (20) em Londrina durante evento no Sesc Cadeião. O grupo, fundado em 1997, levará o show ‘Super Surf’ para o espaço ‘Música em Cadeia’ realizado mensalmente pelo Sesc.

Búfalos D'Água toca no Sesc nesta quinta em Londrina
Quarteto londrinense realiza show nesta quinta (20) – Foto: Pedro Crusiol

Hoje como um quarteto (Após diversas mudanças de formação em anos recentes) o coletivo é dono de uma extensa discografia, além de já ter circulado por diversas cidades, do Sul do Brasil, e de várias outras cidades. O grupo surgiu em uma época na cidade, na qual, havia mais limitações para a música na cidade, junto a muitas outras bandas que não estão mais em atividade. “Acho que na década de 90, tivemos uma onda de muitas bandas aqui na cidade, tanto de estilos mais voltados ao rock underground, como também, na MPB, mas, é sempre difícil pra música autoral. Essa longevidade do Bufalos acontece também porque todos nós temos outros trabalhos, não vivemos disso… Vários grupos dessa época (1997) não puderem seguir”, contou ao Rubrosom o saxofonista do grupo, Fábio Da Cunha.

Para Fábio, o boom da música instrumental – E também da Surf Music – ocorreu nos anos 90 devido à influência do cinema. Segundo ele, filmes como Pulp Fiction (Quentin Tarantino) trouxeram de volta uma certa moda do estilo que andava já um pouco esquecido. “O  surf tem uma influência clássica muito forte, que vem lá dos anos 60, de nomes como Dick Dale, Ventures… E na década de 90 acabou voltando com força. Surgiram muitas bandas e, aquelas que ainda resistem acabam de certa forma, ficando como referência e influenciando outras”, conta Fábio, que considera hoje o ‘Búfalos’ como um nome referência para grupos de surf que surgiram na cidade nos anos recentes.

Futuro – Segundo o músico, próximos passos do Búfalos já estão planejados, faltando apenas ainda algumas questões como recursos. “Temos um trabalho já pronto, um novo disco já todo escrito. Estamos ainda dependendo de recursos e financiamentos – Iremos iniciar uma uma campanha de financiamento coletivo, pensando também em fazer uma versão em vinil do disco”, comentou Fábio. Para ele, o momento atual é positivo para a música autoral, embora, existam ainda dificuldades que não existiam quando o grupo começou. “Hoje temos novas bandas de surf em Londrina, toda uma cena, mas acho que é mais complicado, há certos gêneros que concorrem tendo todo um investimento por trás. Surgiram muitas bandas e depois ainda o Demosul, que era um palco pra novos artistas. Isso tudo contribuiu muito, mas, ainda assim não é simples trabalhar com música autoral”, conta o músico.


SERVIÇO
Búfalos D’Água ao vivo no Sesc Cadeião
Quando:
Hoje (20) às 19h30
Onde: Sesc Cadeião – Rua Sergipe, 52 (Centro)
Entrada: R$ 10 inteira | R$ 5 meia | R$ 2 Comerciário