Por Bruno Leonel

Dono de uma linguagem reconhecida na dança contemporânea brasileira, o Ballet de Londrina chega aos 23 anos com um elenco heterogêneo, que congrega bailarinos que viram a companhia nascer e jovens talentos formados pela Escola Municipal de Dança. Agora o grupo se prepara para receber novos integrantes, que serão selecionados em audição agendada para março.

O Ballet lança esta semana edital público de chamamento para bailarinos de ambos os sexos, com mais de 18 anos e portadores do registro profissional DRT. Os interessados devem acessar o site da ciaballetdelondrina, onde estão disponíveis a ficha de inscrição e as regras para participar da seletiva. O prazo para inscrição é até 13 de março. Mais informações pelo telefone (43) 3342-2362.

“Para Acordar os Homens e Adormecer as Crianças” um dos espetáculos recentes do Ballet de Londrina que fizeram história pela ousadia e inovação na linguagem contemporânea - Foto: Isabela Figueiredo
“Para Acordar os Homens e Adormecer as Crianças” um dos espetáculos recentes do Ballet de Londrina que fizeram história pela ousadia e inovação na linguagem contemporânea – Foto: Isabela Figueiredo

De acordo com o edital, a companhia paranaense prevê a contratação de 2 profissionais, que integrarão o quadro de funcionários da FUNCART (Fundação Cultura Artística de Londrina), além de criar um banco de dados para futuras convocações. Os candidatos inscritos passarão por exercícios coletivos e individuais em banca a ser realizada no dia 18 de março na Fundação. Em um dos testes, o dançarino deve apresentar um trecho coreográfico contemporâneo com duração de um minuto e meio. “Procuramos bailarinos com formação em balé clássico, mas que manifestem abertura para outros repertórios e que tenham experiência em outras linguagens da dança”, explica Leonardo Ramos, diretor do Ballet de Londrina. Ele acrescenta que a “vivência em movimentos horizontais” pode ser um diferencial para o candidato, já que a companhia é conhecida por explorar uma linha coreográfica bem próxima do solo – o que exige do elenco habilidades na exploração de eixos de apoio não convencionais.

Outra montagem importante do coletivo foi o espetáculo Decalque (Foto da montagem de 2016) na qual doze bailarinos estão no palco em um espetáculo que fala do amor e de suas consequências (inclusive a morte) - Foto: Fabio Alcover
Outra montagem importante do coletivo foi o espetáculo Decalque (Foto da montagem de 2016) na qual doze bailarinos estão no palco em um espetáculo que fala do amor e de suas consequências (inclusive a morte) – Foto: Fabio Alcover

Para a inscrição, o candidato deve enviar à Funcart (via postal, por e-mail ou entregar pessoalmente) currículo, fotos de corpo inteiro e vídeos de cena. A expectativa da companhia é receber materiais de várias regiões do país. “Temos no Ballet de Londrina uma situação privilegiada que, infelizmente, é rara no Brasil nesta área: uma contratação que obedece a legislação trabalhista, com direitos salvaguardados. Além de podermos viver em uma cidade com qualidade de vida, produzindo arte”, enfatiza Ramos.


Serviço:
Audição do Ballet de Londrina
Para bailarinos e bailarinas com mais de 18 anos e portadores de DRT
Edital e ficha no site www.ciaballetdelondrina.wixsite.com/audicao
Prazo para inscrições: 13 de março
Banca de avaliação: 18 de março
Informações pelo telefone (43) 3342-2362