Por Bruno Leonel

Foi empossado neste domingo (01) o novo Secretário de Cultura de Londrina, o músico e escritor Aldo Moraes, 46 anos, assume o cargo, sucedendo Solange Batigliana, após a posse do novo Prefeito Marcelo Belinati (PP). A solenidade da posse ocorreu na Câmara Municipal de Londrina durante a tarde deste domingo. É a segunda vez que Aldo assume o cargo de Secretário.

Foto: Divulgação/Facebook
Em 2012, durante a gestão Barbosa Neto, ele assumiu pela primeira vez a Secretaria em substituição à Leonardo Ramos – Foto: Divulgação/Facebook

O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati (PP), tomou posse por volta das 17h na Câmara, onde também, falou por  alguns minutos pautando-se em um discurso escrito previamente, “dada a importância do momento”. Disse que administrará a cidade como uma grande família, “olhando cada um dos moradores como um irmão, um amigo próximo”. Em um segundo momento, o Prefeito defendeu medidas urgentes, como forma de fazer a cidade ‘voltar a crescer’. Mencionou desafios na saúde, educação e inclusão social e prometeu transparência total de todos os atos realizados pelo executivo.

O Secretário Aldo Moraes estudou teoria musical, flauta e harmonia com Maestro Gervásio Basílio (1987 a 1993) e Roberto Gnatalli (1998) e Nei Carrasco (1995). Fez estudos de regência, harmonia e composição com José Eduardo Grammani (1993); Hans Joachin Koelreutter (1993/1995); Oilian Lanna (1993) e Mário Loureiro (1995/96).

Em 2001, participou de workshops com Naná Vasconcelos, Arrigo Barnabé e Guinga, durante o Festival de Música de Londrina. Desde 1993, apresenta peças instrumentais (sobretudo choros e valsas) e de câmara em concertos no Brasil e exterior. Foi premiado como compositor em 1994 no Concurso da Academia Mozarteum, na Áustria; em 2001, no VII Encontro de Compositores Latino-Americanos, em Porto Alegre/RS e em 2003, na Fundação Peter Mieg, na Suíça.

Em 1999, criou o Instituto Cultural Arte Brasil e o Batuque na caixa, programa de educação musical  que já atendeu mais de 5 mil crianças de Londrina. Com o grupo Batuque na caixa, participou de mais de 300 shows em varias cidades do Paraná e do Brasil, com repertório de samba e MPB. Recebeu as condecorações Zumbi dos Palmares (2003) e Voto de Louvor da Assembléia Legislativa do Paraná (2009) por seu trabalho social e em prol da música brasileira.

Com peças de câmara executadas na Itália, França, Espanha, Estados Unidos, Brasil e Argentina, lançou os CDs: Twin Sounds (música incidental para teatro) 1996; Gestos (piano solo) 2001; Arte Brasilis/Batuque na caixa (Compositor e Arranjador) 2002; Amor de Invenção (Canções) 2007; Poemas do Amanhecer – 2008.

Outros Secretários – Além de Aldo, parte do secretariado de Marcelo Belinati foi confirmada durante este domingo. Os secretários nomeados foram: Nádia Oliveira de Moura (Assistência Social), Janderson Marcelo Canhadas (Secretário de Governo), Edson Antônio de Souza (Fazenda e Planejamento), Maria Tereza Paschoal de Moraes (Educação), Margareth Socorro de Oliveira (Gestão), Bruno Ubiratan (Chefe de Gabinete e procurador-geral do Município até João Luiz Martins Esteves assumir), Douglas Carvalho Pereira, o ex-vereador Tio Douglas (Acesf), Reinaldo Gomes Ribeirete (Codel), Luiz Soares Koury (Saúde), Moacir Norberto Sgarioni (CMTU), Luiz Carlos Ihity Adati (Sercomtel), Marcelo Baldassarre Cortez (Cohab), Carlos Augusto Nasser (Defesa Social), Aldo Moraes (Cultura), Gustavo Richa (Procon) e Luiz Figueira de Mello (Assessor de Assuntos Estratégicos). O atual vereador eleito, Fernando Madureira (PTB) deve pedir licença do cargo ainda neste domingo para poder assumir a Fundação de Esportes de Londrina (FEL). Novos nomes do secretariado de Belinati devem ser confirmados oficialmente nos próximos dias.