Por Bruno Leonel

A cultura e a música popular brasileira foram destaque na primeira edição de 2017 do Forró do Aluguel, realizado na ‘Casa da Vila’ (Na Vila Brasil) no último domingo (22). O evento já tradicional reuniu amantes da música brasileira e de ritmos regionais em um evento totalmente dedicado à cultura popular. O som começou por volta das 18h. O evento é uma das ações realizadas pelo espaço com a ideia de arrecadar recursos para pagar o aluguel do local, que atualmente, segue como espaço cultural independente.

Público considerável compareceu no evento que seguiu até perto das 22h - Foto: Bruno Leonel/Rubrosom
Público considerável compareceu no evento que seguiu até perto das 22h – Foto: Bruno Leonel/Rubrosom

Quem iniciou os trabalhos foi o pessoal do Regional Maria Boa dedicado à pesquisa e estudo do choro. Mandando alguns ‘choros’ clássicos – Com direito até a uma versão animada de ‘brasileirinha’, que encerrou a apresentação. O grupo desenvolve um trabalho da pesquisa de rítmos brasileiros já há alguns anos, e se popularizou com apresentações em rodas de choro e espaços da cidade, dedicados à música brasileira. Segundo o cavaquinista Wellington Filho, o grupo planeja atualmente apresentações e projetos para 2017.

Regional Maria Boa durante apresentação na Casa da Vila em Londrina - Foto: Bruno Leonel/Rubrosom
Regional Maria Boa durante apresentação na Casa da Vila em Londrina – Foto: Bruno Leonel/Rubrosom

O espaço do bar contou com lanches e salgados preparados pela Cheiro Verde (Que contou inclusive com opções vegetarianas). Após o término da apresentação do ‘Regional’, uma sala interna na ‘Casa da Vila’ foi o espaço para o som do Forró Caviúna. Em um ambiente intimista – Que permitia muito mais gente do que compareceu ao final – e com uma iluminação reduzida, dezenas de casais (E até dançarinos ‘solo’) se envolveram no som do quarteto. Não faltaram clássicos do forró ‘pé de serra’ e músicas históricas do gênero.

Um 'pouco' do público que marcou presença na apresentação do Forró Caviúna - Foto: Bruno Leonel/Rubrosom
Um ‘pouco’ do público que marcou presença na apresentação do Forró Caviúna – Foto: Bruno Leonel/Rubrosom

Toda a equipe da produção do evento trabalha voluntariamente. Artistas e membros de outros coletivos (Como o Teatro de Garagem, o ECOH e também de outros grupos musicais) também estiveram pelo local ajudando a somar no evento. De acordo com Marcelo Pinhatari, um dos gestores da vila, o evento marca também o início das atividades de 2017. “Aqui no espaço acontecem também rodas de capoeira todos os meses, e também, outros eventos voltados à cultura popular”, contou Marcelo. O espaço já contou com o apoio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura, mas, há quase 5 anos seguem com atividades e eventos bancados de forma totalmente independentes.

Forró Caviúna se apresentando em uma sala bastante 'preenchida' pelo público - Foto: Bruno Leonel/Rubrosom
Forró Caviúna se apresentando em uma sala bastante ‘preenchida’ pelo público – Foto: Bruno Leonel/Rubrosom